Ir Arriba

Digitalização Agroalimentar

A introdução das tecnologias digitais nos sistemas agroalimentares implica na sua transformação diante das crescentes demandas e desafios da humanidade. Nesse sentido, a transformação digital acarreta uma série de benefícios potenciais alinhados com as novas preocupações da sociedade global, entre as quais se destacam: aumentar a produção e a resiliência, diminuir impactos ambientais e outras externalidades negativas, melhorar a transparência, facilitar a integração e cooperação e melhorar as condições de vida e de trabalho rural. Dados esses benefícios, as tecnologias digitais constituirão uma das principais ferramentas para a ação climática, bem como para melhorar o modo como as políticas agropecuárias são formuladas e executadas. Do outro lado estão os impactos negativos que o avanço digital pode ter entre os que puderem se adaptar à nova era e à velocidade dessas mudanças. A transformação digital requer um conjunto de fatores (infraestrutura cibernética, acesso às tecnologias, habilidades para manipulá-las etc.) nos quais se observam grandes hiatos, deixando latente a possibilidade de se converter em um elemento de desigualdade, conflito e exclusão.

A transformação digital dos sistemas agroalimentares tem se acelerado devido à crescente oferta de soluções digitais e ao aumento da digitalização por causa da pandemia de COVID-19. Portanto, é o momento oportuno para promover a transformação digital dos sistemas agroalimentares, a fim de aproveitar os benefícios que ela promete e atenuar as suas ameaças.

Nesse contexto, é criado o Programa de Digitalização Agroalimentar, a partir do entendimento de que a agricultura digital é um elemento central para a transformação dinâmica e inclusiva dos sistemas agroalimentares das Américas. Para isso, foca suas ações em torno dos seguintes objetivos:

  • Estabelecer e divulgar a necessidade de promover a transformação digital, bem como apoiar a construção de institucionalidades e a elaboração de iniciativas de políticas. Serão realizadas ações voltadas à conscientização sobre os benefícios e ameaças da transformação digital, ao mapeamento e análise de iniciativas políticas para promover a transformação digital e à prestação de apoio aos países membros na elaboração de iniciativas.
  • Articular e oferecer instâncias de formação de habilidades. Serão realizadas ações destinadas a detectar necessidades ou oportunidades de formação de habilidades, bem como a coordenar, com instituições educacionais e de pesquisa e com os fornecedores das tecnologias, o desenvolvimento de instâncias concretas para a formação de habilidades.
  • Detectar e apoiar a implementação de experiências bem-sucedidas de digitalização e o desenvolvimento de soluções adaptadas aos contextos. Serão identificadas tecnologias digitais promissoras, geradas experiências piloto bem-sucedidas em digitalização agroalimentar e será promovida a sua replicação e adaptação em outros contextos.

Gerente del programa

Rede Institucional de Inovação e Tecnologia

Ver Agriperfiles

VIDEOS

  • Sustainable Beef in the Americas - Session 2: How cattle and beef can provide climate change solutions from the Americas

  • Agriculture and the 2022 Summit of the Americas

  • La agricultura en la novena Cumbre de las Américas con Dr. Manuel Otero

  • Congreso Internacional de Bioeconomía Circular - Fase III 3/3

  • Congreso Internacional de Bioeconomía Circular - Fase III 2/3

  • Congreso Internacional de Bioeconomía Circular - Fase III 1/3

Entre em contato

Direção de Cooperação Técnica

dct@iica.int

Viviana Palmieri

Especialista Técnico em Inovação e Tecnologia na Agricultura

viviana.palmieri@iica.int